Saiba como se proteger de ataques de vírus criptomoedas

Se você investe em criptomoedas, já sabe que constantemente hackers estão tentando invadir os sistemas roubando os investimentos dos compradores de criptomoedas. Por isso, nesse artigo vamos te ajudar a se proteger de ataque de vírus em criptomoedas.

Nos acompanhe e se proteja de ataque de hackers.

Como funciona os ataques e roubos de criptomoedas

Nos últimos anos, tem se observado um grande crescimento de investidores de criptomoedas. Um dos maiores bancos de moeda digital, a Coinbase, tem em sua carteira de investidores, cerca de 2 milhões de novos compradores de criptomoedas.

Assim, com o crescimento de criptomoedas no mundo e com mais pessoas investindo nesse ramo digital, a probabilidade de mais pessoas se tornarem presas de hackers vem aumentando.

Já que os ataques deles nesses sistemas tem se tornado muito atrativo pelo estrago e notoriedade que causam e pelo quanto de dinheiro podem conseguir com esses ataques.

Um dos ataques mais conhecidos por hackers a investidores de criptomoedas consiste em número do celular do alvo a ser hacheado.

343253 PB1Q9C 282 1024x512 - Saiba como se proteger de ataques de vírus criptomoedas

Dessa forma, os hackers primeiramente, invadem as redes sociais das pessoas, vasculham as conversas afim de encontrarem o número de celular da pessoa.

Com o número em mãos, eles ligam para a companhia telefônica e fingindo ser o proprietário da conta, solicitam a transferência do número para determinado celular que pertencem aos hackers.

Depois disso, com o controle do número do celular e dados das pessoas, eles invadem as contas digitais, redefinem as senhas e roubam as criptomoedas.

Ainda, o celular não é a única forma que os hackers encontram para roubar criptomoedas, eles podem invadir os computadores domésticos por meio de vírus.

Assim, esses vírus criptografam todas as informações, senhas e usuários cadastrados no seu computador e invadem as contas e roubam as criptomoedas.

Portando, pesquisadores da área de roubos de criptomoedas acreditam que os hackers de computador, bem como os ataques de phishing e o esquema ponzi, são os responsáveis pela maior parcela dos roubos de criptomoedas.

A seguir vamos trazer algumas dicas de como se proteger desses ataques, veja.

Saiba como se proteger

Dicas dos consultores da Chainalysis

dicas seguranca criptomoedas Chainalysis - Saiba como se proteger de ataques de vírus criptomoedas

Os consultores da Chainalysis recomendam para as pessoas que pretendem abrir uma conta em alguma corretora de criptomoedas, que crie um e-mail para uso exclusivo para o conta. Use senhas longas e difíceis, onde só você terá acesso a elas.

Assim, nunca guarde a senha no computador, prefira anota-la em um papel e guarde em um local seguro e que você se lembre.

Dicas dos consultores da Coinbase

dicas seguranca bitcoint coinbase - Saiba como se proteger de ataques de vírus criptomoedas

Se você tem uma conta na Coinbase, a primeira atitude a tomar é desativar autenticação da senha pelo SMS ou a recuperação de conta via e-mail.

Na plataforma da Coinbase, a melhor forma de autenticar ou recuperar a senha é configurar o Coinbase Vault e a autenticação da senha para qualquer envio fora do site da Coinbase.

Ainda, podemos destacar outras atitudes que te auxiliarão, por exemplo, não mencionar ou conversar sobre criptomoedas em redes sociais; fortaleça a segurança do seu telefone, você pode ligar na operadora do seu celular para colocar outros quesitos de segurança. Não confie 100% na segurança da sua plataforma de investimentos e corretora, existe sempre algum sistema que pode ser burlado pelos hackers.

Ainda, como última dica de segurança, não coloque todos os seus investimentos em criptomoedas em uma única corretora. Tenha conta em várias corretoras e em cada uma utilize um e-mail e senha diferentes

Esperamos que com nossas dicas você consiga se proteger melhor de ataques de vírus em suas contas de criptomoedas. Certifique-se de que todos os sistemas estão funcionando em segurança e nunca armazene seu número de telefone em redes sociais ou guarde suas senhas no computador.

E, não se esqueça de compartilhar esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *